Depoimento de Daniela Morato Faria, Educadora da exposição “Darwin no Tocorimé”

AWWAWA

Hoje dia 19 de março de 2013 será um dia de reencontro com Tocorimé pela primeira vez em Paraty – RJ.
Acordamos na casa da Wil, que me cedeu sua casa para hospedagem a primeira vez nessa cidade. Sua casa era aconchegante, familiar aonde me senti honrada pela sua hospitalidade em meio aos seus, junto da Grazi e da sua irmã a Gabi, sendo prazeroso encontrá-las novamente. O Markus nos deu uma carona, a mim e a Grazi até o Cais, fiquei alegre em revê-lo, porém um pouco apreensiva pela Adriana que esteve hospitalizada no dia anterior por uma contusão e assim percebi que não seria dessa vez que a veria, continuava a saudade.
Chegando ao Cais, lá estava o barco que nos levaria ao Tocorimé já com uma escola para a exposição enquanto que pelo caminho aproveitei para conhecer o Professor e as .responsáveis representantes da Secretaria de Educação, contudo uma maior empolgação me entusiasmava em rever o veleiro mais belo que conheci.
Quando chegamos, lá estava o Tocorimé Pamatojari, no meio de uma Baía linda, somente natureza ao redor, cercado por montanhas, me emocionei então não pude conter minhas lágrimas. Nem acreditava estar de volta. Como pode, faltando três meses para completar um ano que entrei a primeira vez nessa embarcação, ter vivido tantos momentos fortes, apaixonantes, inesquecíveis de experiências únicas.
Pela quarta vez, vivendo a oportunidade como mediadora – educadora na Exposição Darwin no Tocorimé, para mim gratidão e agora um novo desafio. Crianças e jovens tão lindos, cada face, cada pessoa me gerando entusiasmo por passar e ganhar conhecimento, tudo isso fez mais um dia feliz.
Penso ao olhar essa natureza ao meu redor e continuar a escrever percebendo que não consigo parar: acho que esse é mais um lado Darwin do meu ser. Engraçado isso.
Conhecer o João e o Rafael, da tripulação foi muito legal; são homens organizados, prestativos e pelo que me parece humildes, simples e corajosos além de divertidos.
A noite chegou, que momento de paz. Som de violão, luz da Lua e peixes pulando na água. Que dia maravilhoso!